Entre em contato

Ligação gratuita 0800 726 2244

SOLICITE UM ORÇAMENTO

Jazidas de ouro

Laverton, Austrália Ocidental

Setores Mineração

O desafio

Substituir os antigos motores a diesel por novas tecnologias

A Gold Fields queria desativar seu banco de geradores a diesel na mina de ouro de Granny Smith, em Laverton. Estávamos testando motores a gás nos últimos 18 meses. Uma nova extensão de gás estava sendo construída nas proximidades. Uma necessidade somada a uma tecnologia nova e melhor, além de uma fonte de combustível acessível? Esse foi o alinhamento perfeito de tempo e da oportunidade.

Propusemos uma central elétrica de gás de 22 MV, com o combustível extraído da nova extensão de gás, alimentada por nossos novos motores Osprey a gás. Em última análise, isso significava que a Gold Fields poderia economizar custos significativos, ao mesmo tempo que reduziria sua pegada de carbono. 

Arquivo de informações do projeto

24. MW

Geração de energia

20 pés

Contêineres usados

80.000 / 6 anos

Redução de emissões de CO2

7,4 milhão

Onças de ouro produzidas

300.000

Onças de ouro somente em 2015

A solução

Motores Osprey confiáveis 

Nossa capacidade de construir uma instalação de redução de alta pressão significou a redução do tempo de construção e o rápido comissionamento da central. A nova central elétrica reduziu as emissões de CO2 da mina em aproximadamente 80 mil toneladas ao longo de seis anos, o que significa que a Gold Fields pode negociar créditos de carbono com o fundo de reduções de emissões.

Também foi obtida ainda mais economia de custos pelo uso de motores Osprey e contêineres de 20 pés. A substituição de geradores a diesel por motores confiáveis a gás ajudará a obter economia significativa de custos para a Gold Fields ao longo da vida útil da central. 

o diferencial da aggreko

Combinamos a atitude de ‘podemos fazer’ à vontade de explorar novas tecnologias.

Nosso diferencial

O impacto

Grande redução de custos e emissões de CO2

Nossa capacidade de construir uma instalação de redução de alta pressão significou a redução do tempo de construção e o rápido comissionamento da central. A nova central elétrica reduziu as emissões de CO2 da mina em aproximadamente 80 mil toneladas ao longo de seis anos, o que significa que a Gold Fields pode começar a negociar créditos de carbono com o fundo de reduções de emissões. Também foi obtida ainda mais economia de custos pelo uso de motores Osprey e contêineres de 20 pés.

A substituição dos antigos geradores a diesel por motores confiáveis a gás produzirá agora economia significativa de custos para a Gold Fields ao longo da vida útil da central.

“Quando surgiu a oportunidade de retirar o gás do gasoduto, a Aggreko forneceu a solução mais competitiva combinada a algumas abordagens técnicas inovadoras que melhoraram a eficiência, economizaram custos e levaram a práticas de trabalho mais limpas.”

Richard Weston Vice-presidente executivo ,
Gold Fields, Austrália

Tem alguma dúvida ou quer falar com a Aggreko?

Te ajudaremos a encontrar o que precisa