08 May 2018

Torres de resfriamento modulares da Aggreko evitam paradas no setor petroquímico

Torres de resfriamento modulares da Aggreko evitam paradas no setor petroquímico
 
  • Redigido por

    Luiz Mendes

  • Publicado em

Solução para o resfriamento de processos é uma das importantes aplicações que a Aggreko oferece para as indústrias petroquímicas, por meio da locação de torres de resfriamento modulares para compressores de ar. Esse serviço permite que o cliente possa programar a manutenção de suas torres sem a necessidade de parada na produção.

Os trabalhos de manutenção dessas torres costumam ser demorados e, por isso, as empresas acabam adiando essa ação. Muitas vezes, as indústrias esperam o calendário de parada geral das plantas, prazo que pode ser maior do que o ideal. Esse adiamento pode agravar o problema, levando a períodos mais longos sem o equipamento. O grande benefício da locação de equipamentos da Aggreko, com qualidade e segurança comprovadas, é suprir essa demanda, sem impactar a linha de produção nem causar prejuízos para a indústria.

A Aggreko é a única empresa no mercado de locações que possui uma frota mundial desses equipamentos. Isso significa maior disponibilidade de máquinas em vários pontos do mundo e do Brasil. A fornecedora consegue atender qualquer demanda do cliente nessa área, pois, se não houver equipamento disponível em uma localidade específica, é possível deslocar de uma outra mais próxima.

Um dos clientes que utilizou recentemente a solução de resfriamento de compressores por meio de locação de torres (800TRs) foi a maior produtora de resinas termoplásticas nas Américas, na fábrica nos Campos Elíseos, no Rio de Janeiro. O projeto forneceu torre de resfriamento, bomba de circulação de água, cabos elétricos, mangotes flexíveis e conexões hidráulicas por trinta dias. Neste caso, o cliente planejava uma parada da planta, porém necessitava operar com seus compressores de ar que precisavam ser resfriados. A solução foi a locação das torres modulares da Aggreko para esse resfriamento.

 

A fornecedora foi escolhida porque possui torres modulares, que apresentam facilidade de instalação e podem ser montadas de maneira a somar capacidades e atender qualquer demanda que haja nos clientes. São torres de fácil movimentação e posicionamento nos locais de instalação. Com isso, a Aggreko apresentou a melhor solução técnica de resfriamento. Os concorrentes que atuam nesse segmento não possuem esse produto. O que existe no mercado são torres de resfriamento para instalação fixa, que precisam ser construídas no local de utilização, o que acarreta um prazo de entrega superior e, muitas vezes, não atende à necessidade do cliente.

A solução foi disponibilizada dentro do prazo combinado: após definição da contratação, o tempo de concepção foi de uma semana para entrega e montagem para operação. Para cumprir esse cronograma e atender o cliente com eficiência, foi preciso superar alguns desafios. Antes da entrega dos equipamentos, que saíram da base da Aggreko em Caxias (RJ) até Campos Elíseos (RJ), foi necessária uma integração da equipe técnica para atender aos requisitos exigidos de documentações e segurança em função do número de profissionais que estariam envolvidos na parada da planta. Após todos os trâmites burocráticos, foram feitas as adaptações técnicas dos equipamentos no local de instalação, com a antecedência necessária para que não houvesse nenhum contratempo que pudesse prejudicar o cronograma.

Esse projeto é importante para o negócio por servir de exemplo dessa aplicação no setor petroquímico, onde a Aggreko tem liderança. Além disso, os concorrentes ainda não possuem equipamentos para competir nessa aplicação. Ao executar o projeto e levar benefícios para o cliente, que pôde executar as atividades planejadas sem atrasos durante a parada, a Aggreko aproveita a oportunidade de se firmar no setor também pelo fornecimento deste tipo de solução.

PRINCIPAIS CONTATOS