Client Empreiteiro de construção

Location Canadá

Segmentos Construção Civil

 
O desafio

Aquecer um edifício parcialmente construído a temperaturas muito baixas

O aquecimento do interior de um edifício na fase de construção é motivado por preocupações com a descida das temperaturas para -40 °C (40 °F) durante o inverno canadiano. Estes desafios são vistos durante a construção de estruturas industriais e comerciais, como se viu na expansão do Centro de Inovação de vários pisos na Red River College.

 

Para as diferentes atividades envolvidas na construção durante o inverno de 2016/2019 e 2017/2019, manter a temperatura do edifício acima dos 12 °C (acima dos 53 °F) permite que todas as atividades sejam realizadas a baixas temperaturas, permitindo assim cumprir o prazo do projeto.

 

Ficha de factos do projeto

-40 ° C

Temperatura exterior

11,5 ° C

Temperatura fornecida pelos nossos aquecedores

7020 M³/MIN

Caudal de fluxo de ar de aquecimento mantido

 
A solução

Fornecer aquecimento e monitorização remota

Duas caldeiras a gás natural de 1,2 milhões de BTU forneceram aquecimento a todo o estaleiro, com a ligação das caldeiras a aquecedores radiantes sem fumo a ser assegurada por mangueiras. Colocar as mangueiras por baixo das caixas de ar ajudou os soalhos a funcionar como um radiador, mantendo a temperatura do edifício acima dos 53 °F (12 °C).

O empreiteiro estava preocupado com a introdução de material e equipamento de construção frio na zona, devido às cargas internas que o sistema de aquecimento teria de ultrapassar ao receber objetos frios. Com muito do edifício coberto por lonas, foi mantido um fluxo de ar de aquecimento superior a 7200 CFM, juntamente com monitorização remota, ajudando a ultrapassar quaisquer obstáculos e a manter as temperaturas.

 
 
 

A diferença Agrekko

Ajudámos a manter processos de qualidade para o cliente.

 
O impacto

Impedir atrasos na construção cumprindo os prazos do projeto durante todo o ano


Comparativamente ao aquecimento convencional normalmente utilizado durante a construção de qualquer edifício, os sistemas radiantes transmitem calor com uma eficiência em média 15% superior à dos radiadores convencionais e são a estratégia ideal quando o espaço é limitado. A utilização de caixas de ar para passar as mangueiras libertaram espaço para trabalhar nos pisos principais, mostrando como os sistemas radiantes podem ser ideais quando há limitações de espaço.

 

O envelope de aquecimento ideal foi desenvolvido depois de o empreiteiro ter colaborado com os especialistas de controlo climático de Aggreko. Estes escutaram, conceberam e forneceram um plano à medida que definiu um custo total de funcionamento "tudo incluído" para cada um dos avisos únicos. Com uma expansão de edifício que incluía preservar um armazém histórico de três pisos que teria de ficar bem integrado na nova estrutura de quatro pisos, muita da estrutura exposta à infiltração de ar frio foi aquecida com sucesso.

 

 

 

"Quando o gerador foi instalado, funcionou basicamente sozinho e, por isso, o nosso cliente pôde concentrar-se e terminar a construção a tempo, em vez de se preocupar com a alimentação elétrica." 

Tem alguma dúvida ou quer falar com a Aggreko?

Te ajudaremos a encontrar o que precisa