Client BASF

Location Antuérpia, Bélgica

Segmentos Petroquímica e Refinaria

O desafio

Uma solução rápida para um problema de refrigeração dispendioso 

A BASF é a maior empresa química a nível mundial. Conta com sete locais de produção na Bélgica, o maior dos quais em Antuérpia, onde a produção de fertilizante na central de amoníaco da empresa gera cerca de 10 euros de lucro por segundo. Um encerramento causaria enormes perdas. 

Contudo, era esta a situação enfrentada pela BASF, pelo menos aparentemente. O diretor de manutenção das instalações contactou a Aggreko, inquirindo se havia alguma forma de fornecermos 7,5 MW de capacidade de refrigeração a 18 °C negativos, a curto prazo. Ambos sabíamos que se tratava de uma tarefa quase impossível. A verdadeira questão era: haveria outra forma de resolver o problema?

Ficha informativa do projeto

€10

Lucro da fábrica por segundo

11 x 1250 kVA

Geradores usados

45-50 Hz

Frequência de vibração reduzida

A solução

Resolver a raiz do problema: a vibração

Aprofundámos a análise um pouco mais e descobrimos que a raiz do problema não era a refrigeração. Em vez disso, dois compressores que funcionavam a 60 Hz vibravam excessivamente. 

Concebemos um sistema de energia que funcionava entre 45 e 50 Hz, reduzindo significativamente as vibrações e permitindo reiniciar a instalação em segurança. Inicialmente, fornecemos 11 geradores de 1250 kVA para proceder ao arranque do compressor e posteriormente diminuímos para quatro geradores em funcionamento permanente, com sete em stand-by caso fosse necessário mais uma reinicialização.

a diferença Aggreko

Resolvemos o problema que vocês nem sabiam que tinham.

O impacto

Encerramento e perda de lucros evitados

Sem o nosso pacote de potência, a fábrica de amoníaco da BASF teria enfrentado um encerramento de até seis semanas. A 10 euros por segundo, as perdas de lucro aumentariam rapidamente. 

Em vez disso, a Aggreko ajudou a BASF a reiniciar a instalação com um sistema de energia que resolvia a raiz do problema. Com o nosso sistema temporário instalado, a BASF pôde manter a produção até serem entregues novos compressores. 

"O sistema de energia da Aggreko proporcionou poupanças monetárias enormes à BASF. Isso prova que nunca devemos parar de procurar a resposta certa."

Tem alguma dúvida ou quer falar com a Aggreko?

Te ajudaremos a encontrar o que precisa