Client Fábrica de etileno na Costa do Golfo

Location EUA

Segmentos Petroquímica e Refinaria

O desafio

Parar o efeito de dominó do colapso de uma torre de arrefecimento 

As paragens são um grande problema em qualquer fábrica de processamento. E quando o custo é de 5 milhões de dólares por dia, a questão torna-se ainda mais grave. Uma fábrica petroquímica na Costa do Golfo deparou-se com esta dor de cabeça dispendiosa quando se seu o colapso de duas células na torre de arrefecimento usada para o processamento de etileno. 

Visto que o processamento de etileno é a atividade principal no fluxo de produção petroquímico, esta catástrofe teria um efeito de dominó em toda a fábrica. A matéria-prima para as unidades a jusante seria reduzida em 20–40%, causando um enorme impacto económico. Com as reparações previstas para demorarem um mês, a fábrica precisava de apoio de emergência.

Ficha informativa do projeto

$5 000 000 por dia

Custo estimado da avaria

60 000 toneladas

Equipamento de refrigeração

12,3 MW

Alimentação para o pacote

9 milhas

De cabos colocados

A solução

Refrigeração de emergência operacional em seis dias

A 5 milhões de dólares por dia, quanto mais depressa fosse encontrada uma solução, melhor. Pusemos imediatamente mãos à obra para avaliar os danos e instalar refrigeração temporária. Não se tratava de uma proeza pequena, dada a dimensão das instalações. No total, expedimos 60 000 toneladas de capacidade de refrigeração: 30 000 toneladas para utilização imediata e as restantes de reserva, e 12,3 MW de potência, nove milhas (14,5 km) de cabos, depósitos de diesel e muito mais. E só precisámos de seis dias.

a diferença Aggreko

Quer rapidez? Então, observe-nos.

O impacto

A refinaria evita perdas de $5 milhões por dia

Com o nosso sistema de refrigeração instalado em seis dias, o nosso cliente escapou a uma catástrofe económica. Uma resposta rápida repôs rapidamente a unidade de etileno em funcionamento à capacidade máxima, de modo a poder produzir o nível adequado de matéria-prima para manter as unidades a jusante a funcionar. A refinaria pôde, então, focar-se em reparar as células danificadas na torre de arrefecimento, sem a pressão adicional de saber que o trabalho de reparação custava até 5 milhões de dólares por dia.

"Quando os custos aumentam rapidamente, há uma pressão enorme para reagir com celeridade. Felizmente, a nossa 'solução rápida' é sempre excecional."

Tem alguma dúvida ou quer falar com a Aggreko?

Te ajudaremos a encontrar o que precisa