Client Refinaria da Califórnia

Location EUA

Segmentos Petroquímica e Refinaria

O desafio

Reduzir as temperaturas do combustível para evitar a paragem

Uma refinaria na Califórnia estava a transferir combustível dos reservatórios para uma unidade distribuidora quando se apercebeu do aumento da temperatura para 100 °F (37,8 °C). Este estava, por sua vez, a provocar o aumento da pressão do vapor e a Unidade de Recuperação de Vapor (VRU) estava a entrar na perigosa zona vermelha. 

Sem uma VRU totalmente funcional, a refinaria seria forçada a reduzir ou parar na totalidade a distribuição de combustível, provocando perdas de rendimento, clientes insatisfeitos e possíveis multas devido às emissões de vapor.

Ficha informativa do projeto

100 ºC

Temperatura antes da refrigeração

60 ºC

Temperatura após a refrigeração

32 galões

Capacidade do reservatório de combustível

A solução

Um pacote de refrigeração completo

Era necessário que a temperatura do combustível nos reservatórios de armazenamento de 28 galões descesse de uns perigosos 95 °F (35 °C) para uns seguros 65 °F (18°C), que a VRU seria capaz de suportar. Instalámos um sistema de refrigeração temporário que fazia circular o produto no interior do reservatório. O nosso pacote incluía um refrigerador arrefecido a ar, um permutador de calor e duas bombas com circulação de hidrocarbonetos, especialmente construídas, bem como um gerador para alimentar o sistema.

Existiam três conjuntos diferentes de regulamentos de segurança a cumprir: locais, da cidade e do estado. Num cenário tão perigoso, compreender bem esses regulamentos era fundamental; por isso, conhecer os padrões de segurança e as questões de conformidade fazia parte do nosso serviço completo.

a diferença Aggreko

Totalmente equipados para responder a qualquer emergência, a qualquer hora.

O impacto

Temperaturas seguras em apenas algumas horas

Apenas algumas horas após chegar ao local, tínhamos reduzido as temperaturas nos reservatórios para uma média de 60 °F (15,5 °C): a VRU regressou à zona de segurança e os reservatórios de armazenamento voltaram à operação de distribuição. Isto permitiu à refinaria cumprir as exigências dos clientes e evitar perdas de rendimentos, bem como eventuais multas associadas às emissões de vapor.

Apesar de se tratar de uma refrigeração temporária, a nossa abordagem rigorosa em termos de segurança e eficiência significou que a eventual solução permanente era muito semelhante à nossa.

"O aumento das temperaturas da gasolina estava a ameaçar as nossas operações, por isso, contactámos a Aggreko de imediato. Era fim de semana, mas o escritório local tinha uma solução pronta para aprovação logo na segunda-feira."

Gestor de Terminal

Tem alguma dúvida ou quer falar com a Aggreko?

Te ajudaremos a encontrar o que precisa